Jornal Metrópolis

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas mostra que essas pessoas formam a maioria da população: segundo o estudo, 83,1% dos entrevistados acreditam que o incidente foi proposital e a morte, criminosa Leia a matéria na íntegra